O que é o seguro de carro: descubra tudo sobre o assunto

Você sabe o que é o seguro de carro e como funciona? Esse é um dos seguros mais contratados do mercado. No entanto, muitas pessoas não sabem o que ele é e quais são as suas principais características.

Pensando nisso, separamos um guia completo sobre o assunto. Descubra na prática o que é o seguro para carros, quais são as suas vantagens, como funciona a contratação e muito mais.

O que é um seguro

Para entender o que é seguro de carro, primeiro vale a pena falar sobre o seguro. Quando pensamos em seguro, logo lembramos de segurança. Esse é um dos significados para a palavra.

O seguro nada mais é do que um contrato, que visa proteger uma das partes, com relação a alguns riscos. Existem diversos tipos de seguro, como o seguro de vida, o seguro contra incêndio, seguros profissionais e muito mais.

Assim ao contratar um seguro, a parte está se protegendo contra os riscos previstos no contrato. Por exemplo, no seguro contra incêndios, caso a propriedade sofra danos causados por fogo, o dono recebe uma indenização.

Essa indenização é definida no contrato, podendo ser total ou parcial. Dessa forma o contratante sabe exatamente quanto poderá receber e em quais condições. Isso gera segurança e previsibilidade.

Seguro de carro: conceito

Agora vamos falar especificamente sobre o seguro de carro, um dos produtos mais procurados no mercado. Esse seguro é voltado para proprietários de veículos novos e usados.

Dessa forma, o seguro nada mais é do que um contrato, firmado entre o particular e uma empresa de seguros, que é responsável pelo pagamento da indenização. Vale a pena destacar que apenas as empresas especializadas podem oferecer o seguro.

Por ser um contrato, o seguro de carro conta com várias cláusulas. Elas definem os termos da negociação, como o valor a ser pago pelo segurado (pessoa que contrata o seguro) e valor da indenização que será pago pela seguradora (empresa).

Além dos valores, o contrato define as coberturas, ou seja, os danos que estão cobertos. Por exemplo, um seguro de carro pode proteger contra furto e roubo do veículo. Outros seguros, mais completos, podem cobrir também os danos a terceiros.

Coberturas do seguro de carro

Depois de contratar um seguro para o seu carro, você estará protegido contra diversos riscos. No entanto, é importante observar as regras do seu contrato. Pois ele estabelece, entre outros elementos, quais são as coberturas.

Elas podem ser varias e por isso vamos falar sobre alguns dos principais riscos que podem ser cobertos em um seguro automotivo. Confira:

Proteção ao patrimônio

Uma das principais coberturas do seguro de carro diz respeito ao patrimônio. Afinal de contas, o veículo é um bem de alto valor. Perder um carro, por acidente, roubo ou qualquer outro motivo representa um grande prejuízo.

Dessa forma, ao contratar o seguro o beneficiário garante uma indenização por danos acarretados ao seu veículo. Entre os vários riscos cobertos estão o roubo, o furto qualificado, a colisão do veículo e incêndio.

Para que o furto seja indenizado, o dono deve demonstrar que medidas de segurança foram tomadas. Como por exemplo deixar o carro protegido dentro de uma garagem. Caso contrário o beneficiário pode não conseguir a indenização.

Caso o dano se verifique, a seguradora arca com o valor, com o pagamento de uma indenização. Já o valor a ser pago ao proprietário varia de acordo com o tipo de seguro e os limites previstos na apólice do seguro, que é o contrato.

Proteção contra danos a terceiros

No dia a dia, quando os motoristas usam seus veículos, outras pessoas podem sofrer danos. Vamos imaginar, por exemplo, que você se envolva em um acidente de trânsito, devendo indenizar alguém pelos danos causados.

Podem ser causados danos materiais ou corporais. São materiais aqueles que causam algum prejuízo financeiro, como um veículo amassado. Já os danos corporais são os físicos, como uma perna quebrada, por exemplo.

Se o seguro de carro prever essa indenização, você receberá um valor para arcar com os gastos. Dessa forma as suas despesas se tornam muito menores ou até mesmo zero, podendo ser tudo por conta da seguradora.

Vale a pena destacar que essa é uma cláusula opcional, que pode não estar presente no contrato. Para ter um seguro assim, geralmente é preciso pagar um pequeno adicional mensal.

Proteção contra acidente de passageiros

Outra opção é a proteção contra acidentes envolvendo passageiros. Em um veículo é possível transportar diversas pessoas de uma vez, que podem ser familiares, amigos ou até mesmo desconhecidos.

Dessa forma, uma das possibilidades é contratar uma proteção extra para acidentes que envolvam passageiros. Ele é importante para garantir que o motorista consiga uma indenização aos usuários do veículo.

Proteção completa

Para aqueles que estão em busca de um seguro de carro ainda mais completo, existem ótimas opções. Muitas seguradoras oferecem planos maiores, com indenizações e assistência para o motorista.

Por exemplo, se você ficar sem carro em razão de um acidente, a seguradora providencia um veículo para uso durante alguns dias ou para que você complete a sua jornada. Dessa forma você consegue rodar com muito mais tranquilidade.

Conclusão

Nesse guia falamos sobre o que é e como funciona o seguro de carro. Como você pode ver, esse é um contrato que visa proteger os interesses do proprietário do veículo. Milhares de brasileiros contratam o seguro automotivo.

seguro de carro oferece muitas coberturas. Muitas pessoas acreditam que ele cobre apenas o roubo, mas isso não é verdade. As indenizações podem ir muito além, compreendendo também incêndios, colisão, danos a acessórios e danos pessoais.

Dessa forma, ao contratar o seguro para o seu veículo você estará completamente protegido. Em caso de dano, a seguradora arca com o valor, em forma de indenização. O valor é pago dentro dos limites estabelecidos na apólice.

Por isso mesmo, é importante fazer uma busca detalhada na hora de contratar um seguro de carro. Faça uma cotação para descobrir os melhores seguros para as suas necessidades.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp